Do Autor


19 dezembro 2011

Despertar

O meu silêncio ...!!!
Adormece no topo do Everest
E no vulcão da minha profundeza
Desperta num beijo de lábios
 Roubando-te


01 dezembro 2011

O Mar e Tu

Porque sinto eu o mar
Que me leva a terras longe de ti
De te amar me tira o tempo
Que me espelha o teu olhar
Porque sinto eu
Nos meus lábios os fios do teu cabelo


26 novembro 2011

Águas Azuis


Entre bolhas de ar mergulho
Raios de luz entram quando o transparente perfuro
Submerso na pureza a luz e eu 
Num profundo oceano


Num profundo oceano
 Submerso na pureza a luz e eu 
Raios de luz entram quando o transparente perfuro
 Entre bolhas de ar mergulho

09 novembro 2011

Tarde de Novembro


Tarde de chuva
Lágrimas do ser
Triste com alegria do céu
Chuva nos lábios
No sorriso
Tarde de Novembro 
Molha-me tua

Molha-me tua
Tarde de Novembro 
No sorriso
 Chuva nos lábios
Triste com alegria do céu
 Lágrimas do ser
Tarde de chuva



03 novembro 2011

Olhar os anos


Hoje por momentos olhei os anos
A musica escolhida soa perto e longe
Sente-me ... embalado no teu olhar
De que me perdi ... não sei mais 
No silêncio mergulho
Mais profundo não existe



23 outubro 2011

Quatro lábios um beijo


Quatro lábios
Duas bocas
Um beijo
Um toque de entrega
Um sentir na profundeza
Dois seres em um
A imensidão
No tempo

No tempo
A imensidão
Dois seres em um
  Um sentir na profundeza
 Um toque de entrega
Um beijo
Duas bocas 
 Quatro lábios

17 outubro 2011

Sei-te Tua


Com pé delicado
Lábios de beijos
Sei-te de branco entre pétalas
Primavera e Outono 

Sei-te menina 
Com gosto a frutos
Mulher no deserto viva
No ardente e no frio azul
Rasgada e inteira 

Sei-te tua sei-te vida
Minha querida


14 outubro 2011

No meio da tempestade


Esse sentimento à porta dos teus lábios
Num roçar da pele húmida ...
Que dose mágica me destes igual ao teu sorriso
Potente como uma trovoada na noite?
Encontro-te no meio da tempestade
Onde por fim enterras a lembrança ...
Ao longe beijo-te perto do principio abraço-te 

12 outubro 2011

Rosas caem

Rosas vermelhas caem do céu
na perfeição
Tocam as tuas mãos
que cruzaram as minhas

Sem a febre dos nossos lábios
os dias são inquietos 
Solta o cabelo 
dança vestida de palavras
tocando a pele

04 outubro 2011

Mil Ondas


Acordei ao som de mil ondas brancas
Debaixo do vermelho do céu
Com a tua ternura a tocar o nu
Não te encontro senão no desejo
No aroma das  arábias
Da velha lamparina a tua imagem flui
Assim invento-te nas noites estreladas
De verão







´´No Fumo da Lamparina´´ 21 de Maio 2011
´´Toque Violeta´´ 31 de Janeiro 2009

26 setembro 2011

Sentimentos escritos - Em Frases



Muito é escrito para traduzir
simples sentimentos
que na realidade não se deixam escrever

05 setembro 2011

Noites de Sonhos


Será a tua pele envolvida no branco da nuvem
Ou são os teus pés como os teus poemas
Lavados com  lágrimas

 Será o teu olhar rasgado de poesia

cantando o que te bate no coração
Ou é o vinho que te corre  nas veias
Que aquece meus lábios e me alucina
Nas noites cobertas de sonhos











Palavras - Em Frases

O que são palavras no centro da existência
na beleza do silêncio
no encanto da vida
e do amor



Na profundeza - Em Frases


Na profundeza do nosso ser 
sentimentos permanecem impermeáveis
resistentes à ventania e ao tempo




26 agosto 2011

Distância da realidade - Em frases


A distância é muita 
entre o que se demonstra ser e a realidade
o que em si é uma crueldade




24 agosto 2011

Prémios e Medalhas - Em frases


Dignos de qualquer prémio ou elogio não somos
enquanto crianças são criadas com fome abandono horror e morte
numa profunda crueldade humana



22 agosto 2011

Paraíso - Em frases



O paraíso é como uma nota musical numa brilhante infinita melodia





Conhecimento - Em frases




Por conhecimento há um preço a pagar superior
ao valor de todos os diamantes



Criatividade do Sentir - Em frases


A criatividade do sentir
é uma energia criadora renovadora revolucionária
com dimensão universal







Pensar - Em frases


O Homem é o que pensa ser a realidade não tem pensar






Acima do Poeta - Em frases

Acima do poeta existe algo
a que ele não chega
e se chegar deixa de ser poeta

Dicionário - Em frases


Tenho o Aurélio 
por isso não tenho que me preocupar
com tantas palavras o peso fica com ele


1º Dia de Primavera - Em frases


Por vezes o homem gostava de ser um pássaro
o seu canto é maravilhoso e seu vôo também



Ser ou Não Ser - Em frases


A mais valia do Homem em relação aos outros animais
é ele poder ser civilizado de um modo superior divino
Caso não seja corre o risco de viver perto do chão
mais baixo que porcos numa pocilga de luxo




16 agosto 2011

Lírios Brancos


No meu peito o teu
Nos meus lábios a tua pele
Abraçados num só olhar
Perdidos de amor
Entre os lírios brancos do campo
Renascemos





Dedicado



04 agosto 2011

Memória futura



Ano 3500 talvez 3000 ou mesmo antes. O tempo não perdoa passa rápido sem pensar; não é pessimismo meu porque existe sobrevivência. Alterações na e da natureza já vão ser devastadoras, caso o Homem não encontrar uma profunda consciência em si e entre si o processo de auto destruição vai ser ainda mais rápido, existe uma luz ao fundo do túnel.

Observo a calmaria da planície
Verde em tempos agora coberta de cinza
O azul do céu deu lugar a outro céu
Rasgado em desgraça
Passarinhos e andorinhas no ar
São hoje sonhos esquecidos na história ...
Procuro na memória o tempo azul
O tempo da Primavera
O tempo de água abundante
Céu azul nuvem branca
De andorinhas e passarinhos se enrolando
Desenhando o ar cantando a vida ...
Ao longe a águia que também sobreviveu
Acorda-me!

27 julho 2011

Gozo de Viver



O gozo de viver
Cada dia reflectido
No espelhar do olhar
Na poça
No lago
No rio
No mar
Na lágrima
São estrelas ao luar
                                                   



Inspirado pelo poema 'Cada dia sem gozo não foi teu ...'
Ricardo Reis (Fernando Pessoa)

24 julho 2011

Estrelas Caiem

 Entre margaritas e borboletas
Uma dança encantada
Sem palavras ou música
Paraíso que prende ao silêncio
A emoção fala mais alto
O céu estremece estrelas caiem







21 julho 2011

Emoções

Talvez por ser véspera de partir  senti que tinha de partilhar contigo
                                            
Não é razão

Sentindo o que nasceu em mim transbordou uma gota
Flui no rio até ao oceano
Não se perdeu


Perdoa-me  isto realmente só meu






JFS, Alentejo






19 julho 2011

No Vácuo do Silêncio


Só são umas frases compostas e descompostas
Um segredo ou um grito na escuridão
Não um poema ou dilema
São emoções da terra do céu do amor
Compostas e descompostas 
Que se enamoram com paixão
Por uma canção







17 julho 2011

Magia Celta

“Os prados verdes foram em tempos palco do nosso amor
e de batalhas perdidas e ganhas agora aqui resta-me voar ao teu encontro”

A transformação aconteceu mais tarde
Da dose mágica ingerida sem conhecimento fruto de ciúme

Tenho saudades de ti do inicio quando donzela  eras 
Cabelo  ao vento corríamos descalços entre a areia e as ondas

No olhar conquistou-me a tua beleza o teu sorrir
Da janela ainda te vejo como sendo hoje
Protegias o teu príncipe
Morrias por ele e ele por ti não só de amor

Estou no cruzamento do tempo
No meu brasão as marcas das tuas garras
O dragão em mim dominou a diabólica em ti


(reencontro na existência)