Do Autor


23 outubro 2011

Quatro lábios um beijo


Quatro lábios
Duas bocas
Um beijo
Um toque de entrega
Um sentir na profundeza
Dois seres em um
A imensidão
No tempo

No tempo
A imensidão
Dois seres em um
  Um sentir na profundeza
 Um toque de entrega
Um beijo
Duas bocas 
 Quatro lábios

7 comentários:

Purinha disse...

Soberbo, Francisco.

Sa(ha)ra disse...

...É assim o BEIJO...um rasgar de véus e preconceitos...um infinito mosto de delicias...a alma e o corpo na conjugação de um verbo sem tempo...

Beijo
Sara

J.F.S. disse...

Também gostei, beijinho.

Suu Munizz disse...

Tão suave e leve,como um beijo doce e forte,leve,como o toque de duas almas.
Muito bonito teu blog,espero que possas vir conhecer o meu também.
Abraço,=)

J.F.S. disse...

Te abraço Suu aqui deste lado do oceano, enquanto as estrelas sejam as mesmas estamos perto, com carinho te agradeço

Flor do sertão! disse...

O beijo! Devendo-se o teor, aos condutores dos quatro lábios: - Se mórbido ou salutar; - Se evidente ou abstruso; - Se legitmo ou insincero; - Se cálido ou glacial; ... Um selo de profundidade, ou mesmo o prólogo de um contíguo desfecho! Mas .....: Um Beijo!

Silva JF disse...

Uma flor no sertão, amarela, lilás, azul, vermelha, é branca, é a branca que eu beijo ...