Do Autor


26 novembro 2011

Águas Azuis


Entre bolhas de ar mergulho
Raios de luz entram quando o transparente perfuro
Submerso na pureza a luz e eu 
Num profundo oceano


Num profundo oceano
 Submerso na pureza a luz e eu 
Raios de luz entram quando o transparente perfuro
 Entre bolhas de ar mergulho

4 comentários:

MUSABABI ana bárbara santo antónio disse...

Azuis as águas em serenidade e harmonia poética no teu sentir...

Obrigada pelos Parabéns
Beijo

ana barbara

Lita disse...

Porque será que o AZUL nos fascina?!

J.F.S. disse...

Mais o azul indigo

Lita disse...

rsrs talvez por essa razão (ou outra que ainda desconheço)me disseram que a minha alma era azul!Decidi pesquisar...rsrs

Densas as tuas palavras!
Beijito