Do Autor


14 fevereiro 2011

Entre o fumo


Após a última batalha não nos despedimos
Perdi-te no meio do fogo
Hoje encontrei-te
Entre o fumo sobre a água
Descalça a dançar a tua canção ...

O véu fino no teu corpo convida-me
Eu deixo-me sem te poder dar a mão 
Como num sonho de olhos abertos ...

Hoje encontrei-te
Entre o fumo sobre a água
O teu olhar deseja que te siga
Nos teus passos deixo-me
Para te contar dos meus sonhos
Como sempre















1 comentário:

Lita disse...

Não nos "despedimos"...
Mas "encontramo-nos" no "silêncio" de sentires!
(Pela nossa amizade)
(VerboSentir)