Do Autor


28 janeiro 2015

Cobertas por um véu

Se umas palavras tivessem sentido
Como as rosas florescem na roseira
Meras palavras cobertas por um véu
Acabam sem rumo voando
Esfareladas no destino





Sem comentários: