Do Autor


01 abril 2013

Um palmo e meio

O dia e a noite são abrasadores
A um palmo e meio da linha equatorial fecho os olhos
Enquanto um cheiro de perfume me refresca a pele uma curta pelicula rola ... 

Um campo repleto de cores, borboletas voam
Girassóis ao lado da seara ao vento com alento, andorinhas no ar

O teu olhar persegue-me como um murmúrio de ondas enroladas
É Primavera



2 comentários:

Malu Silva disse...

E por ser Primavera as estradas ficam muito mais belas... Abraços

DaSilvaJF disse...

Claramente Malu ... Abraços de volta