Do Autor


28 agosto 2016

Após este silêncio

Um mergulho vertical no desconhecido
Confronto-me com o silêncio em mim
E logo uma musica das musicas
Oriundo do fundo chega
Um som do espaço ou de anjos?
Não há musica mais bela debaixo do sol

nem das luas
Após este silêncio escrevo frases sem serem
O sentir vive


2 comentários:

Gerbera Flor disse...

Lindaaa vc tem um blog de poesia...gostei desse espaço... é tudo tao lindo...

DaSilvaJF disse...

Volte sempre